segunda-feira, 26 de julho de 2010

Da série: Coisas que me fazem gostar muito da Coréia do Sul

Hoje eu e Mario fomos até Masan, uma cidade aqui perto (60km) para alguns compromissos, entre eles almoçar no Outback hehehe e lembrei que é lá também que tem o Departamento  de Trânsito, que seria o equivalente ao Detran Brasileiro, e pensei, porque não fazer nossa  "International Drive License", que sempre é bom ter uma válida quando se viaja pelo mundo.
No Brasil, pra fazer a nossa Carteira de Motorista (CNH), além dos milhões de exames e dos muitos $$$ que se precisa, é preciso ter tempo e paciência, muita paciência. Para emitir a Carteira Internacional de Habilitação (PID), paga-se mais uma pequena fortuna e espera-se agendamento pra um ou dois dias depois pra fazer e mais um ou 2 dias pra retirar.
Na Coréia do Sul, você chega lá com um sorriso na cara, mostra a sua Drive License Coreana, (que foi tirada há algum tempo, e porque a sua CNH Brasileira estava válida, só que precisou  um exame de vista, uma foto 3x4, preeencher o formulário e pagar 6.000wons (U$$5,00)), preenche um outro formulário, diz que esqueceu a foto, a moça te manda pra uma cabine no prédio em frente, onde você faz 12 fotos por 6.000wons (U$$5,00) em 5 minutos você está de volta com as fotos. Então ela pede o passaporte, muda pra cara de "nãotointendendo"  e mostra  o Alien Card Coreano, ela diz , "anio, complete name"  aí você escreve seu nome  completo em letras de forma no próprio formulário (eles confiam em você, percebeu?), paga a taxa de 7.000wons (U$$6,00) e  espera dez minutos. 
Saímos de lá felizes e contentes com as nossas  "International Driving Permit".  
Melhor de tudo: NENHUM ESTRESSE!

Um comentário:

  1. E minha mãe ficou de março até agora para tirar a habilitação (isso pq ela passou nos exames de primeira...). Sem contar que gastou uma fortuna... ahhh, e a carteira de habilitação só chega daqui uns 15 dias...

    ResponderExcluir