quinta-feira, 26 de maio de 2011

THE DARING BAKERS MAY 2011 CHALLENGE: MARQUISE ON MERINGUE




The May 2011 Daring Bakers’ challenge was hosted by Emma of CookCraftGrowand Jenny of Purple House Dirt. They chose to challenge everyone to make a Chocolate Marquise. The inspiration for this recipe comes from a dessert they prepared at a restaurant in Seattle.




Este mês, o Desafio feito pela Emma e Jenny era inspirada em uma receita servida em um restaurante em Seattle.

E vou contar pra vocês, essa delícia vale cada segundo de preparação. Manja sobremesa com glamour e sabor??  Passo a passo e detalhes, aqui no arquivo original da Daring Kitchen

E sabem porque foi mais especial ainda?  Eu e Renata  nos divertimos juntas na cozinha dela preparando a sobremesa que foi partilhada com nossas amigas brasileiras aqui na Coréia.




Tudo de bom!!!

A preparação não é difícil, mas é uma composição de vários passos. Demanda tempo porque depende de congelamento, porém admite algumas adaptações ao gosto do comensal.



Ontem preparamos a marquise de foi congelada. de uma maneira simplista, trata-se de um creme de ovos com ganache de chocolate meio amargo com um toque de pimenta e licor Nós usamos rum com especiarias que Rentata preparou há algum tempo e estava perfumadíssimo.

Também deixamos preparadas as finalizações de caramelo que na receita original levava tequila e usamos o Rum, e as de amêndoas peladas picantes.



Hoje preparamos o merengue e decoramos os pratos para servir.



Ficou lindo não?


terça-feira, 24 de maio de 2011

Painting Classes

Umas das coisas que eu gosto de fazer, além de cozinhar, pesquisar na internet, viajar e  fotografar, não necessariamente nessa ordem, é pintar.


Fico me perguntando se as minhas escolhas e execução são "penduráveis"  ou  não.


Hoje quando olho as minhas primeiras pinturas acho tantos defeitos que até fico com vergonha de ter presenteado a maioria delas, achando que era grande coisa que eu fazia!


Embora não me sinta  nem um pouco  à vontade para uma exposição, se fosse o caso, sinto que melhorei um pouco no meu aprendizado.


A última






A primeira. 




quinta-feira, 19 de maio de 2011

Health food

Comida saudável não precisa ser insossa né Lulu???

Hoje fiz uma salada que me deixou deveras orgulhosa e satisfeita. Além de que achei linda!


Comecei cortando alguns champignons e fiz um papillote com um pedaço de papel manteiga, temperei com um preparado pra carne da MacCormick e levei ao microondas por 2 + 1 minutos.
Piquei meio pimentão vermelho, amarelo e verde, alguns talos de aipo, e juntei pedaços de queijo feta. Como o queijo vem aqui em um azeite temperado, usei uma colher deste azeite  pra temperar. Misturei bem e ficou Tridimegalicious!!!

Na hora de comer ainda juntei umas amêndoas pra ficar crocante. 

Serei obrigada a refazer!




sábado, 14 de maio de 2011

Filé de Cod Fish

Aqui onde moramos, peixes e frutos do mar são abundantes, diversificadíssimos e ultra frescos.  

Na feira e nos restaurantes geralmente os encontramos ainda vivos em tanques ou aquarios.

Tem  muito aqui, sendo inclusive o "peixe símbolo" da cidade de Geoje onde Okpo está localizada, o Cod Fish, que nada mais é que o peixe que no Brasil comemos depois de salgado e vendido a peso de ouro como "bacalhau".

Fresco é delicioso e fornece filés de ótimo tamanho.


Preparei com  dill, sal e uma pitada de pimenta branca moída na hora. Praticamente grelhei em um fio de azeite e uma raspinha de manteiga. Na hora de servir, aipo picado e pimenta vermelha em fios secos.

Foi aprovado com louvor!



sexta-feira, 13 de maio de 2011

THE DARING COOKS’ MAY 2011 CHALLENGE: GUMBO - LET THE GOOD TIMES ROLL



Blog-checking lines: Our May hostess, Denise, of There’s a Newf in My Soup!, challenged The Daring Cooks to make Gumbo! She provided us with all the recipes we’d need, from creole spices, homemade stock, and Louisiana white rice, to Drew’s Chicken & Smoked Sausage Gumbo and Seafood Gumbo from My New Orleans: The Cookbook, by John Besh.






O desafio deste mês vem da Comida Creóle, tradicional de New Orleans na Louisiana e tem um sabor incrivel e surpreendente.

Poderíamos fazer as receitas sugeridas ou começar do zero. Decidi fazer o meu com carne seca, linguiça de porco e andouille (uma linguiça picante tradicional Creóle) que a Renata me presenteou, junto com o tempero créole que ela mesma fez. 

Comecei fazendo o caldo (stock). Usei a pele de um pernil transformado em "proscciuto crudo" defumado que Mario havia trazido de Trieste e eu havia congelado. Juntei aipo, cebola tomate, pimenta verde e uma folha de louro. Fervi por uns 20 minutos, retirando eventual espuma que se formou.  Enquanto isso eu fui pecando os vegetais. Você precisará de tudo pronto antes de começar : cebola, pimentão, tomate, aipo, alho e até o quiabo.

A carne eu havia dessalgado, então cortei em pedaços médios e temperei com o tempero creóle que a Renata fez e dividiu comigo.

A parte branca do "proscciuto" eu fritei, extraindo a gordura necessária para fazer o roux.  Imaginem o perfume de uma gordura defumada...


Segui os passos da receita como orientado; 

- juntei a cebola e deixei "bronzear"; 
- adicionei a carne temperada e mexa por um minuto. Deixei cozinhar por uns 5 minutos.
- adicionei o salsão, pimentão, tomate e alho, e continuei mexendo por cerca de 3 minutos.
- adicionei o tomilho, o caldo  e o louro. 
A partir deste momento, é só manter em fogo baixo, sem tampa por até 45 minutos, retirando a gordura sempre que esta se acumular na superfície.

No fim, junte a linguiça Andouille, o quiabo e molho inglês. Tempere com sal pimenta e Tabasco, tudo a gosto.

Retire as folhas de louro e sirva sobre o arroz. Meu marido preferiu comer com pão e eu concordei com ele que é mais gostoso ainda! 



Mais detalhes no Blog da minha mentora e fonte de inspiração Renata!



domingo, 8 de maio de 2011

Feliz dia das mães!!!!!

Um desejo de toda a felicidade do mundo para todas as mamães!!! 

Para a minha principalmente!

E já que a  minha mãe está longe, eu fiz uma pequena homenagem para as mamães aqui de Okpo. Fiz a torta, inspirada na Budapest Cake. Usei a massa do "pan di spagna" porque estava sem o vanille sauce.

A Renata que recebeu uma, fotografou:



FELIZ DIA DAS MÃES!!!

terça-feira, 3 de maio de 2011

Shrimp Fried Rice.

Adoro "passear" no mercado de comida estrangeira.  Outro dia comprei um pré-preparado para Thai Fried Rice. É uma pastinha que contém aquela maravilhosa mistura de sabores (capim limão,  gengibre,  soy sauce, e outros) que só a Tailândia tem.

As instruções eram em tailandês e inglês (Thanks God por não ter um adesivo em coreano sobre a parte em inglês) e bem simples.  
A textura é bem diferente de um risoto.  

Fazer um omelete tipo ovos mexidos, reservar. Preparar algum outro complemento desejado, eu fiz de camarão com cebola pimenta verde, tomate e salsão picadinhos, que ficaram ainda crocantes, e reservar. Misturar o arroz cozido com o molho em uma wok, "fritando" por uns 5 minutos ou até esquentar.  Acrescentar o omelete o outro complemento e continuar no fogo até começar a  estalar.

Ficou muito bom! Quase não deu tempo de fazer a foto.