terça-feira, 1 de novembro de 2011

Carne seca com abóbora



Aqui nesta terra que começa a fazer frio, volta e meia dá uma saudades de algumas coisas e pessoas. E esta memória afetiva normalmente é associada a algum cheiro ou sabor. Cabeça de gordo, eu sei, mas é assim.

Hoje me deu saudades da Mariana, do Bodvar e dos dias que passamos lá mês passado. O nosso último jantar juntos na viagem foi carne seca com abóbora. 

Eu tinha comprado esta carne, um filé mignon suíno, na primeira ida ao mercado quando retornei.  No mesmo dia coloquei-o para secar no sal.  Jeitinho brasileiro de fazer um "industrializado caseiro" das coisas que não tem por aqui.

Lavei a carne para retirar o sal, fatiei e aferventei duas vezes para retirar o excesso de sal. Enquanto isso, cortei a tampa de uma abobrinha, retirei as sementes, lambuzei com azeite e sal e fui cozinhando no microondas, um minuto cada vez, até ficar tenra, mas não desmanchando.

Depois de escorrer a segunda vez e provar a carne  para saber o teor de sal restante,  em uma frigideira funda coloquei a carne e um dente de alho amassado pra refogar num fio de óleo. Depois juntei uma cebola grande cortada  em fios longos e deixei até dourar.

Recheei a abóbora com a carne e a cebola e mantive no forno em fogo baixíssimo pra manter quente e o sabor da carne se integrar ao da abóbora.  

A pimenta desta vez só fez figuração só pra foto, mas se você gosta, porque não incorporar?


Um comentário: